Ficha Técnica São Paulo 0 x 0 LDU Loja


Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de outubro de 2012 (quarta-feira)
Horário: 22h (de Brasília) Árbitro: Julio Quintana (PAR) Assistentes: Carlos Caceres e Dario Gaona (ambos do Paraguai) Cartões amarelos: Osvaldo, Wellington (São Paulo); Larrea, Vera, Cumbicus (LDU)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson (Douglas); Lucas, Osvaldo e Ademilson (Willian José)

Técnico: Ney Franco

LDU DE LOJA: Palacios; Gómez, Vera, Cumbicus, Hurtado; Larrea, Mosquera, Uchuari (Wila), Feraud; Alcívar e Fábio Renato

Público: 15.208 pessoas

Renda: R$ 326.533,00

Fonte Gazeta Press

Foto: Eduardo Viana

Anúncios

Ficha técnica São Paulo 2 x 0 Atlético GO


Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 18 de outubro de 2012 (quinta-feira) Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (ASP-Fifa/RS) Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno (Fifa/RJ) e Marcelo Bertanha Barison (CBF/RS) Cartões amarelos:Ricardo Bueno (Atlético-GO)

Gols: SÃO PAULO: Paulo Miranda, aos 28, e Osvaldo, aos 38 minutos do primeiro tempo

São Paulo: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington e Jadson (Maicon); Lucas (Douglas), Luis Fabiano e Osvaldo (Cícero) Técnico: Ney Franco

Atlético-GO: Márcio; Adriano, Gustavo, Diego Giaretta e Eron (Felipe); Carlos, Dodó, Pituca, Mahatma Gandhi e Luciano (Ernandes); Ricardo Bueno Técnico: Artur Neto

Renda: R$ 480.052,00

Público: 27.098 pagantes

Fonte: Estadão e Gazeta Press

Créditos da foto: José Patrício A/E

Ficha técnica: São Paulo 2 x 0 Figueirense


FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 x 0 FIGUEIRENSE

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14 de outubro de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Alessandro de Rocha Matos (Fifa-BA) e Cleriston Cley Barreto Rios (Asp.Fifa-SE)

São Paulo
Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Maicon (Cícero) e Jadson (Casemiro); Douglas, Luis Fabiano e Osvaldo (Ademilson)
Técnico: Ney Franco

Figueirense
Wilson; Elsinho, João Paulo (Edson, depois Doriva), Sandro e Hélder; Jackson, Coutinho, Claudinei e Ronny; Júlio César (Botti) e Aloísio
Técnico: Márcio Goiano

Gols: Luis Fabiano, aos 13, e Douglas, aos 20 minutos do 1º Tempo
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Renda: R$ 655.694,00
Público: 27.641 pagantes

Rumo ao topo!

Saudações tricolores!

Siga o Blog Tricolor SPFC no Twitter: @ricardoia

E o Paulo Miranda? Deu a volta por cima e calou seus críticos.


Créditos da foto: Rubens Chiri / Saopaulofc.net

Eu tinha razão em defendê-lo. A primeira vez o fiz em junho, quando estava sendo execrado pela mídia e pela torcida. Escrevi um post em sua defesa. Clique aqui  para relembrar.

Depois escrevi novamente em agosto. Clique aqui para relembrar.

Sempre vi valor em seu futebol. Tem toque de bola refinado e é forte. Caiu como uma luva na função que o Ney Franco encontrou para ele.

Se continuar jogando sério, poderá ficar alguns anos no tricolor.

E você? O que acha do nosso Zagueiro-lateral? Responda a enquete abaixo.

Ficha técnica: São Paulo 3 x 0 Palmeiras


FICHA TÉCNICA 
SÃO PAULO 3 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 6 de outubro de 2012, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gasse (ambos Fifa-SP)
Assistentes adicionais: Flavio Rodrigues Guerra e Rodrigo Guarizo do Amaral (ambos de SP)
Cartões amarelos: Wellington, Lucas (São Paulo); Artur, Román, Henrique (Palmeiras)
Cartão vermelho: Artur (Palmeiras)

Gols: SÃO PAULO: Luis Fabiano, aos 34 minutos do primeiro tempo e aos 25 minutos do segundo tempo, e Denilson, aos 42 minutos do primeiro tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Edson Silva, Rafael Toloi e Cortez; Wellington (Maicon), Denilson e Jadson (Douglas); Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano (Willian José)

Técnico: Ney Franco

PALMEIRAS: Bruno, Artur, Maurício Ramos, Román, Juninho (Correa – 14’/2ºT), Henrique, Márcio Araújo (Tiago Real – intervalo), Marcos Assunção, Daniel Carvalho (Luan – intervalo), Valdivia e Barcos.

Técnico: Gilson Kleina

Renda: R$ 792.742

Público: 34.941 pagantes

Fontes: Gazetapress e Lancenet

Copa do Brasil sub 20 – Coritiba 1 x 0 SPFC. Destaques do tricolor!


Ontem eu assisti o jogo contra o Coxa (perdemos por 1×0) na ESPN BRASIL. O time da base lembra muito o time profissional, com praticamente as mesmas qualidades e os mesmos defeitos. O jogo foi razoável, com clara superioridade técnica para o time tricolor, apesar do resultado adverso. Eu gostei de alguns jogadores e deixo minha análise abaixo.

João Schmidit: bom meia, bem melhor que o Maicon. Jogou muito recuado ontem e marca mal. Teria que jogar um pouco mais avançado no profissional. É disparado o melhor jogador dessa safra de Cotia.

Rodrigo Caio: outro que pode compor o elenco profissional. Precisa para de inventar um pouco e jogar mais simples.

Lucas Farias: excelente primeiro tempo no apoio. Morreu no segundo tempo. Tem apenas 17 anos e ainda é muito franzino. Vai brilhar no futuro com a camisa 2 do tricolor.

– Regis: de cada dez tentativas, acerta uma. Tem potencial, mas ainda é muita correria e pouca precisão. Precisa ganhar massa e experiência. Pode ficar mais um pouco na base.

– Henrique Miranda: muito tímido o jogo todo. Bem diferente do garoto da copinha de 2011, que chegava a todo momento perto do gol e era artilheiro. Abra o olho garoto, se fizer seu trabalho direitinho poderá fazer sombra ao mediano Cortez.

– Zaga: Luiz Eduardo é realmente bom jogador e Marcelo também foi bem, apesar de terem falhado no gol do Coxa aos 45 segundos de jogo. Poderiam ter chances no time principal.

Não observei nenhum grande destaque entre os demais jogadores. Acredito que do jeito que está este time não chegará longe na competição. Precisaremos de muito mais pegada no jogo de volta.

Na minha opinião, essa Copa do Brasil sub 20 é uma excelente oportunidade para os jogadores da base mostrarem seus valores. A torcida terá a chance de acompanhar efetivamente o trabalho dos garotos e a molecada vai ganhar ritmo de jogo para uma eventual incursão no time principal.

FICHA TÉCNICA

Coritiba: Tadeu; Yago, William Rodrigues, Igor Leandro e Igor Clímaco; Ícaro, Denner, Zé Rafael (Luis Guilherme, 41min/2ºT) e João Victor (Eberson, 29min/2ºT); Rafael Silva e Rafhael Lucas (Bartola, 20min/2ºT)

Técnico: Zé Carlos

São Paulo: Felipe Passoni; Lucas Farias, Marcelo, Luiz Eduardo e Henrique Miranda; Marcel (Fábio Lima, no intervalo), Rodrigo Caio, João Schmidt e Nelsinho (Tiago, 13min/2ºT); Regis e Alfredo (Joelton, 25min/2ºT)

Técnico: Sérgio Baresi

Créditos da foto: Giuliano Gomes / saopaulofc.net

Ficha técnica: São Paulo 1 x 0 Cruzeiro


FICHA TÉCNICA –  SÃO PAULO 1 X 0 CRUZEIRO
Local:
 Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 23 de setembro de 2012 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Cartões amarelos: Maicon, Denilson, Paulo Miranda e Wellington (São Paulo); Thiago Carvalho, Wellington Paulista, Diego Renan, Souza, Tinga e Lucas Silva (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Lucas Silva (Cruzeiro)
Gol: SÃO PAULO: Osvaldo, aos 22 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denílson (Casemiro), Maicon (Wellington) e Jadson; Osvaldo, Lucas e Willian José (Ademilson)
Técnico: Ney Franco

CRUZEIRO: Fábio; Léo, Thiago Carvalho, Victorino e Diego Renan; Charles (Lucas Silva), Tinga, Marcelo Oliveira e Montillo; Wallyson (Souza) e Wellington Paulista (Borges)
Técnico: Celso Roth

Público: 40.457 pessoas (total)
Renda: R$ R$ 1.785.000,00

Fontes: Gazetapress e Estadão

As imagens de São Paulo 1 x 0 Cruzeiro (Foto: Eduardo Viana)

Foto: Eduardo Viana / Lancenet

Vídeo – bastidores São Paulo 3 x 1 Portuguesa


Lucas deu um show neste jogo. É sempre bom ver as imagens de bastidores, a concentração dos atletas e o clima antes e depois das partidas. Apreciem e compartilhem.

Saudações tricolores!

Siga o Blog Tricolor SPFC no Twitter: @ricardoia

Ficha Técnica: São Paulo 3 x 1 Portuguesa


Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 15 de setembro de 2012, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Simon Manis e Márcio Henrique de Gois (ambos de SP)
Cartões amarelos: Rafael Toloi (São Paulo); Valdomiro e Moisés (Portuguesa)

GOLS: São Paulo – Osvaldo, aos cinco minutos do primeiro tempo, Cortez, aos 12 minutos do segundo tempo e Luis Fabiano, aos 32 minutos do segundo tempo. Portuguesa – Bruno Mineiro, aos 36 minutos do primeiro tempo.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Wellington, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Maicon (Cícero) e Jadson (Paulo Assunção); Lucas, Osvaldo (Casemiro) e Luis Fabiano
Técnico: Ney Franco

PORTUGUESA: Dida; Luis Ricardo (Bruninho), Valdomiro, Gustavo e Marcelo Cordeiro (Diego Viana); Ferdinando, Léo Silva, Boquita e Moisés; Ananias (Rodriguinho) e Bruno Mineiro
Técnico: Geninho

Público: 18.957 pagantes
Renda: R$ 255.178, 57

Veja as imagens de São Paulo x Portuguesa (Foto: Tom Dib)

Foto: Tom Dib / lancenet

Siga o Blog Tricolor SPFC no Twitter: @ricardoia

Últimas da novela Ganso – 18/09/2012


*Atualização 18/09/2012: Após a desistência oficial do Grêmio, o SPFC ficou muito próximo de contratar Paulo Henrique Ganso.

De acordo com o enviado do Grêmio, o agente Guilherme Miranda, as bases do negócio entre as duas agremiações estavam acertadas, mas o meia manifestou, novamente, a vontade em jogar pelo time do Morumbi.

No final da tarde de hoje São Paulo e Santos se reuniriam para definir o assunto. Qualquer anúncio sobre o destino do meia só seria dado após as 19 horas. Estou confiante, mas vou continuar aguardando. Saudações tricolores!

*Atualização 17/09/2012: Embora praticamente todas as partes envolvidas e a maioria dos veículos de comunicação deem a venda de PH Ganso para o São Paulo Futebol Clube como certa, é melhor ter prudência. O presidente do Santos costuma ser bastante passional no trato do futebol santista. Embora seja um excelente presidente, ponderado e experiente, quando contestado ou pressionado costuma atuar de forma impensada. Até que o dinheiro seja depositado e o Santos Futebol Clube dê o seu parecer final, não podemos comemorar nada.

A palavra do dia é: Cautela…Saudações tricolores!

*Atualização urgente – 18h42min: Segundo a Globo.com, Ganso bate o pé, DIS descarta Grêmio e negocia com São Paulo. Apesar de otimismo dos gaúchos, investidores não querem meia no clube e vontade do jogador ‘seduz’ dirigentes do São Paulo, que buscam acerto.

———\\\\———-

Segundo o site Globo.com, a DIS reuniu-se com os dois interessados em contratar ganso, SPFC e Grêmio. Foram duas reuniões paralelas e na saída, apenas o presidente do grêmio, Paulo Pelaipe teria saído feliz. Vamos aos fatos:

Pontos a favor: Está acertado com o Ganso, que estaria mais propenso a defender o clube do Morumbi, vestindo a camisa 8 de Kaká. O clube conseguiu o apoio da DIS para complementar o valor pedido pelo Santos e barrar a ida de Ganso para o Grêmio. O presidente da DIS é torcedor do Inter de POA e fará o que for possível para melar a negociação do Grêmio.

Pontos contra: O Santos não quer vender seu jogador para um rival próximo.

Pontos a favor: Teria nesta mesma reunião se acertado com o staff de Ganso com relação à salários e tratamento. O clube também tem a simpatia do Santos que prefere negociar com o clube Gaúcho ao invés do tricolor paulista.

Pontos contra: Não tem o dinheiro necessário para depositar o valor pedido pelo Santos. Está em busca de um investidor. Ganso teria declarado preferir o São Paulo como destino.

Opinião do Blog Tricolor SPFC: A novela Ganso, como todas as novelas envolvendo o SPFC desde que me conheço como torcedor, quase sempre termina mal para o SPFC. Desde a ida de Rivaldo para o Corinthians, passando por casos mais recentes como os de Montillo, Nilmar, etc. Há poucas exceções em que ganhamos dos rivais, entre elas destaco a volta de LF9 em detrimento da proposta do Corinthians.

Outro ponto que considero crucial é o próprio Ganso. Trata-se de um ótimo jogador, mas pouco confiável. A palavra de Ganso vale pouco ou quase nada. Ele irá para o clube que lhe pagar mais e neste sentido, parece que a proposta do Grêmio é ligeiramente maior. Não há estrutura, camisa, tratamento que façam com que este tipo de jogador escolha o certo. Ele é da mesma laia de jogadores como Nilmar e Oscar, que ouvem cegamente e deixam o seu futuro totalmente nas mãos de seus agentes.

Por mim, este capítulo se encerra hoje e o final não deve ser feliz para o São Paulo Futebol Clube.

Saudações tricolores e até a próxima novela. Tomara que seja uma mini-serie…