Kaká no São Paulo Futebol Clube em 2013. A chance é agora.


Não gosto de escrever sobre especulações, ainda mais quando tratamos de um sonho antigo do torcedor por um dos mais importantes jogadores criados em nossa base: Kaká.

O meia foi criado aqui, foi vendido, brilhou, foi o melhor do mundo em 2007 e agora está passando pelo mais delicado momento de sua carreira. O Real Madrid está tratando Kaká como lixo e sua mimada torcida vai na onda do técnico Mourinho, o Luxemburgo da Europa. Kaká está totalmente sem espaço no clube merengue e sua saída é iminente.

Quais seriam suas opções no momento:

– Ficar no Real: Se optar por ficar no clube merengue até o final do contrato deverá passar por mais humilhações por parte do técnico e da torcida. Seria um grande erro deixar de lado o seu futebol neste clube que apenas quer explorar sua imagem para reaver o investimento.

Voltar ao Milan: o clube rossonero passa por um dos piores momentos de sua história. O time é sofrível e não deverá melhorar muito com a chegada de Kaká. Sua volta também contraria a nova política do clube, que se desfez de suas maiores estrelas e adotou uma postura mais austera nos gastos com o futebol. Os péssimos resultados da pré temporada e as baixas perspectivas para o restante do ano podem fazer com que o clube reveja esta política. Kaká poderia ser a salvação do clube. Ao meu ver, seria um erro Kaká voltar ao Milan, pois estaria colocando um peso enorme em suas costas, justamente no clube onde conseguiu seus maiores feitos. Pode manchar a sua imagem ao fazer este movimento.

– LA Galaxy: o time de Beckham quer porque quer levá-lo em dezembro. Opinião do Blog: fim de carreira. Se for, acabou.

– São Paulo Futebol Clube: Sua curta história no tricolor teve bons momentos, mas foi manchada pela saída traumática. Apesar do pouco tempo no clube, conseguiu 3 títulos, sendo um deles na reserva (copinha)

  • Copa São Paulo de juniores: 2000
  • Torneio Rio-SP: 2001 – foi o protagonista da final
  • Supercampeonato Paulista: 2002 – este foi baba

O São Paulino quer mais de Kaká, quer vê-lo brilhar por aqui e encerrar a carreira no clube que o projetou. Poderia ter, como Raí, momentos de glória em sua volta ao tricolor, mostrando ao mundo que ainda é um dos grandes do esporte mundial.

O futebol brasileiro vai aos poucos melhorando sua imagem lá fora e a volta de Kaká seria fundamental para fomentar ainda mais o bom momento pelo qual passamos. A proximidade da Copa de 2014 e a modernização das arenas também serão fatores fundamentais para atrair olhares e patrocínios ao futebol nacional.

A volta do grande jogador Kaká é possível. No lado financeiro, nenhum jogador se paga mais fácil que ele. Em minha estada na espanha em maio de 2012 eu pude ver na loja do Real Madrid o quanto a marca Kaká é forte. Certamente ele desbancaria Neymar e seus múltiplos patrocínios. Estou certo de que sua marca renderia mais aqui do que na combalida Europa.

O tricolor tem que acenar para o meia e para o Real Madrid com toda a força do mundo, demonstrando vontade em repatriá-lo. Kaká, que parecia relutante em deixar o Real, parece convencido. Só falta se convencer de que o São Paulo é a melhor opção para voltar a brilhar.

Volte Kaká, seu lugar é aqui no tricolor.

Anúncios

10 jogadores que atuam no Brasil que eu gostaria de ver no tricolor!


O futebol brasileiro vem passando por um bom momento no que diz respeito a jogadores que aqui atuam. Há times muito competitivos espalhados pelo Brasil e vários deles tem jogadores que eu gostaria de ver vestindo o manto tricolor. Elenquei abaixo os que mais gosto e gostaria de saber a sua opinião.

25 milhões de Euros e 2 opções: Paulo Henrique Ganso e Kaká. Quem você prefere?


 

Pelo que eu soube, qualquer proposta em torno de 25 milhões de Euros tiraria o Kaká do Real Madrid.

O LA Galaxy acenou com 27 milhões para levá-lo em dezembro de 2012. O valor é praticamente o mesmo para comprar os 100% do passe do Ganso, cujos direitos federativos estão divididos da seguinte maneira: 55% da Dis e do 45% do Peixe.

A multa para levar Ganso em definitivo é de R$ 57 milhões de reais para clubes do Brasil ou quase 23 milhões de Euros.

Ganso já disse em várias ocasiões que pretende jogar na Europa. O tricolr acena com a possibilidade de comprar apenas a parte do Santos no negócio, o que não resolveria o problema do investidor que quer ganhar dinheiro com o meia. A solução seria comprar tudo e torcer para o craque jogar motivado.

Já Kaká disse em várias ocasiões que pretende voltar ao tricolor um dia, mas que não seria já, ou seja, nas duas opções nós corremos o risco de pagar uma fortuna por jogadores que não estarão 100% motivados e que vivem contundidos.

Se fosse para escolher, contrataria Kaká, mas ainda assim considero arriscado.

E aí? o que você prefere?

Últimas do tricolor – 20/08/2012


Nada como uma segunda-feira feliz depois de vários tropeços. O São Paulo voltou a se aproximar do G4 no Brasileirão e a semana promete ser agitada no clube do Morumbi. O Blog Tricolor SPFC preparou um compilado das notícias do soberano para mantê-los atualizados:

– Lateral esquerda: Ney Franco deve testar novo lateral esquerdo para o clássico contra o Corinthians já no jogo contra o Bahia. O reserva imediato é Henrique Miranda, mas João Schmidt surge como opção. Vamos aguardar quarta-feira.

– Lucas: O meia voltou sob a condição de maior estrela do futebol brasileiro e não fez feio. Foi o comandante do time no jogo contra a Ponte Preta e mostrou que ainda tem energia para queimar com o tricolor. O craque está arrumado e leve em campo. Tem que arrebentar contra o time da marginal no domingo para sacramentar a recuperação. Seja bem vindo de volta!!!

– Paulo Henrique Ganso: O tricolor promete ir pra cima do Santos. Promete melhorar a proposta pelo meia e deve insistir na compra, envolvendo jogadores na troca. Casemiro é o mais cotado para ir embora.

– Soberano 2: O filme que conta a trajetória da conquista do tri mundial estréia na sexta-feira em cinemas de todo o Brasil. Quem ainda não viu o trailer, clique aqui.

– Luís Fabiano: O atacante está finalizando a recuperação da lesão, mas deve ser poupado contra o Corinthians. Péssima notícia.

– Rafinha: o destino do atacante é mesmo o Guarani. O jogador de 22 anos será emprestado para o Bugre. O jogador ficará no clube de Campinas até o final do paulista 2013. Está sem espaço no elenco e precisa jogar para ganhar experiência. Desejo boa sorte ao jogador!

– Kaká: A notícia de hoje é que o meia foi oferecido ao Manchester United para abrir espaço para a chegada de Lucas Modric. O empréstimo seria de um ano. Sir Alex Ferguson estaria bastante animado com a ideia.

 

 

Possíveis reforços com o dinheiro das vendas de Lucas e Oscar


O dinheiro das vendas de Lucas e Oscar, além de Fernandinho serão utilizadas de várias maneiras pelo tricolor:

– Há um passivo bancário grande que deverá ser coberto, melhorando o fluxo de caixa combalido pelo ano sem patrocínio master

– As obras de melhorias do Morumbi também deverão receber parte dos recursos.

– CTs, clube social, esportes amadores, etc. Todos devem abocanhar um pouquinho do dinheiro.

Ainda assim, o que a torcida espera é um investimento pesado no que mais interessa: O departamento de futebol. Cito abaixo alguns nomes que gostaria de ver com a camisa do tricolor:

Goleiros: precisamos de um goleiro reserva de bom nível para entrar no lugar de Rogério Ceni quando ele se aposentar. Não vejo nenhum goleiro atualmente em condições de substituí-lo, nem aqui e nem no exterior. Algumas opções:

– Diego Cavalieri: É um ótimo goleiro e está no Brasil. boa opção para o ano que vem

– Magrão do Sport: muito regular em todos os clubes que passou.

Laterais: Nossos laterais titulares são bons, mas muito inconstantes. Douglas e Cortes alternam bons e maus momentos nos jogos. O problema é que não há opções disponíveis que sejam tão boas ou melhores que eles. A solução pode estar dentro de casa:

– Rodrigo Caio e Lucas Farias são boas opções na direita. Rodrigo Caio não apóia como Douglas, mas é ótimo marcador. Lucas Farias eu não conheço, mas dizem que é muito bom.

– Henrique Miranda, na esquerda, foi muito bem nos juniores e na seleção de base. Caso Cortes continue oscilando, deve ser testado.

– Mariano (ex Fluminense): Está atualmente no Bordeaux da França. É bem veloz e funcionaria no 3-5-2

– Fabrício (Inter): bom lateral direito. Forte e apóia bem.

Volantes: Chega de volantes. Temos boas peças no elenco e jóias como Wellington e João Schmidt para serem trabalhadas. Não é uma carência no elenco.

Meias: Aqui temos que olhar com carinho. Há bons meias espalhados pelo mundo afora e que podem vir para o São Paulo:

– Riquelme: é craque e está disponível. Eu acho que traria problemas para o grupo, pois é muito estrelinha, mas seu futebol é inquestionável. Está entre as minhas últimas opções.

– Alex (Fenerbache): Craque, mas também vive seus últimos momentos na carreira. É um sonho antigo do tricolor. Gostaria muito de vê-lo com o nosso manto.

– Kaká: é um sonho distante, mas a sua paixão pelo tricolor pode viabilizar sua volta em 2013. Este jogador se paga sozinho. Só com a venda de camisas e outros produtos relacionados ao meia o São Paulo conseguiria levantar um bom dinheiro. Estive na loja do Real Madrid em maio e a quantidade de produtos do Kaká vendidos é um absurdo. Fora os patrocínios que viriam com certeza. Este investimento seria estratégico inclusive para aumentar a torcida do clube no brasil e aumentaria a visibilidade do São Paulo lá fora.

– Anderson (Manchester): Tem força e qualidade. Não vive um grande momento no Manchester e poderia vir para o Brasil. O São Paulo poderia oferecer algum de seus volantes na transação.

– Diego (Ex Santos): Joga muito e seu passe custa algo em torno de 5 milhões de euros. Ficou barato e ainda é jovem. Gosto muito dele.

– Júlio Baptista (Málaga): Este é outro jogador em baixa na Europa que poderia cair bem no tricolor. Tem força, é habilidoso e é muito São Paulino.

Atacantes: Setor crucial para investimentos: LF9 vive contundido e está vivendo um momento instável. Temos que investir pesado no setor.

– Alexandre Pato: Sonho distante, mas é craque. Está mal no Milan e se contunde sempre. Quem sabe por empréstimo

– Robinho: outro que é muito bom jogador e voltaria se alguém pagasse o que ele acha que vale, kkk.

– Taíson (Ex Inter): Jogador excelente que surgiu com tudo em 2009. Atualmente está  no Metalist, da Ucrânia.

É isso. Se for pra investir, que sejam bons nomes.

E você? O que acha?

São Paulo Futebol Clube anuncia a venda de Lucas


Acabou a novela. Lucas é do Paris Saint Germain e fica no tricolor até o final do ano. Boa sorte ao craque neste novo desafio. Estou certo de que será considerado o melhor do mundo num futuro próximo.

Reprodução na íntegra do anúncio feito no site oficial do São Paulo Futebol Clube:

9922.jpgPor Site Oficial/saopaulofc.net

O São Paulo Futebol Clube informa que nesta data formalizou a transferência do atleta Lucas Rodrigues Moura da Silva (“Lucas”) ao Paris Sant-Germain (PSG), pelo valor de R$ 108.300.000,00 (cento e oito milhões e trezentos mil reais).

O pagamento do valor cabível ao São Paulo FC será realizado imediatamente, porém o jogador somente se apresentará ao clube francês em janeiro de 2013, permanecendo atuando pelo São Paulo FC até o final da presente temporada.

Trata-se do maior valor já pago a um clube brasileiro pela transferência de um atleta profissional de futebol.

Lucas chegou ao São Paulo FC no dia 28 de novembro de 2005, contando então com 13 anos de idade. Realizou sua formação como atleta de futebol no Centro de Formação de Atletas Presidente Laudo Natel na Cidade de Cotia – SP, sendo promovido à equipe principal do São Paulo Futebol Clube em agosto de 2010.

Entre 2005 e 2010, Lucas residiu nos alojamentos do CFA Pres. Laudo Natel em Cotia (“CFA de Cotia”), somente deixando de morar no local a partir do momento em que foi galgado à equipe principal do São Paulo FC. Como acontece com todos os jovens atletas formados pelo Clube, Lucas recebeu no CFA de Cotia, além da formação esportiva propriamente dita – que engloba a preparação técnica, tática e física – acesso à educação formal em escolas particulares da região, assim como o mais completo acompanhamento médico, nutricional, odontológico e psicológico.

Graças ao investimento e ao trabalho realizados pelo São Paulo FC no CFA de Cotia, foram revelados uma série de jogadores de futebol cujo espaço já está absolutamente consolidado no cenário futebolístico brasileiro e mundial.

Além de Lucas, no CFA de Cotia também foram formados atletas como Oscar – cuja transferência ao Chelsea da Inglaterra foi, conforme noticiado, a segunda de maior valor ocorrida na história do País, somente perdendo para o negócio envolvendo o próprio Lucas – Wellington, Casemiro, Ademilson, Bruno Uvini, Henrique – considerado o melhor jogador do Campeonato Mundial Sub 20 em 2011 – Rodrigo Caio, João Schmidt, Luiz Eduardo, Henrique Miranda, Lucas Farias, Breno e Lucas Piazon, todos com passagem pela Seleção Brasileira de Futebol nas diversas categorias, além de outros tantos que atingiram o objetivo de se estabelecerem como atletas profissionais de futebol.

Nos 7 anos em que Lucas permaneceu no São Paulo FC, pudemos acompanhar de perto e com enorme satisfação seu desenvolvimento notável em todos os aspectos, especialmente sob o ponto de vista do seu irrepreensível comportamento como cidadão, além de se notabilizar com um notável atleta de futebol.

Defendendo o São Paulo FC, Lucas foi Campeão da Copa Nike em 2007, Bicampeão do Mundialito Sub-17 na Espanha, Campeão da Copa Dallas, Campeão da Copa São Paulo de Futebol Sub-20. Pela Seleção Brasileira Sub-20, foi Campeão Sul-Americano Sub-20 e considerado o melhor meia da competição e o melhor jogador da partida final. Lucas já foi convocado 8 vezes para a Seleção Brasileira Principal e, atualmente, está representando o País nos Jogos Olímpicos de Londres – 2012.

O São Paulo FC deseja que Lucas tenha o mais retumbante sucesso nessa nova etapa de sua carreira que se iniciará em 2013. Mais do que isso, confia plenamente que esse sucesso se dará, uma vez que o atleta está absolutamente pronto para que isso aconteça, até para que seu êxito no futebol europeu seja mais um fato a ratificar o já reconhecido padrão de excelência do trabalho do São Paulo FC na formação de jogadores de futebol, que tem em Lucas e seus companheiros acima mencionados, seus maiores exponenciais. As portas do Clube estarão sempre abertas para o seu retorno no futuro.

Porém, até que chegue o ano de 2013, Lucas permanecerá jogando pelo São Paulo FC. Empenhei-me pessoalmente para conseguir a permanência de Lucas no São Paulo nesse período e, tão importante quanto isso, foi a vontade que o próprio jogador demonstrou em seguir no São Paulo FC durante a presente temporada, enfatizando, diversas vezes, seu interesse especial em ficar para “ganhar títulos” pelo Clube que o revelou, ou, no mínimo “classificar o São Paulo para a Libertadores”.

Por fim, reafirmando nossa confiança no trabalho realizado, cujos resultados já aparecem de forma inequívoca, o São Paulo FC tem a mais absoluta convicção de que o CFA Pres. Laudo Natel em Cotia seguirá revelando muitos e muitos outros jogadores de futebol que ali já estão sendo preparados para vestir a Gloriosa Camisa do Tricolor Paulista e brilhar no futebol brasileiro e mundial.

 

SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

PRESIDENTE JUVENAL JUVÊNCIO

Últimas do São Paulo Futebol Clube e análise de Atlético GO 4 x 3 SPFC


Paulo Assunção: Chegou, fez exames médicos e conheceu o técnico Ney Franco e alguns de seus futuros companheiros. Seja bem vindo

Lucas na reserva da seleção: não vou nem comentar. Deveria voltar para o São Paulo

São Paulo descarta definitivamente vender Lucas para o Manchester United: Ao meu ver, a decisão mais acertada de Juvenal Juvêncio nos últimos anos.

Luís Fabiano está liberado para jogar contra o Flamengo: excelente notícia! Aguentar W. José e o Ademilson não dá.

Wellington inicia nova fase de treinamentos: O camisa 5 fará treinos no campo com os preparados físicos do São Paulo, além de um complemento no REFFIS. Retorno próximo, ainda bem.

O jogo de ontem contra o Atlético GO: Primeiro tempo de vergonha e segundo tempo de superação. Não foi suficiente.

Bola Cheia: Rodrigo Caio foi o único jogador que mostrou garra e bom futebol. Se aprender a cruzar, pode crescer muito com a camisa tricolor.

Bola Murcha: Todo o resto, com destaque especial para Cortes, Edson Silva (este zagueiro me faz ter saudades do Paulo Miranda, muito mais técnico), Douglas e Willian José. Não jogaram nada ontem. E o esquema continua não encaixando. Confesso que me senti muito envergonhado em ser torcedor do São Paulo Futebol Clube durante os primeiros 45 minutos.

O futebol brasileiro está em baixa na Europa e no mundo


Ao meu ver, o futebol brasileiro passa pelo seu melhor momento. Investimento e arrecadação recorde nos clubes, dívidas altas, mas administráveis, craques retornando ao Brasil e campeonatos muito competitivos. A imagem do futebol brasileiro pelos públicos de outros países, infelizmente não é a mesma.

Em recente sondagem feita pelo Jornal espanho Marca.com sobre qual jogador o Real Madrid deveria trazer como principal contratação de verão mostra total desconhecimento e desdém com o futebol  brasileiro. Lucas ficou em penúltimo Lugar na pesquisa, comprovando que o futebol brasileiro, outrora celeiro de craques está em baixa.

A vinda de alguns craques para o brasil como foi o caso de Forlan também foram tratados como um rebaixamento na carreira do jogador, conforme noticiado pelo periódico http://www.mercafutbol.com/noticias/informe-mercafutbol-declive-forlan-120132.

A própria negociação dos direitos de transmissão do Brasileirão 2012 no exterior que teria rendido módicos US$ 4 milhões à Rede Globo em 2012 mostram a fragilidade na forma como o brasileirão é visto lá fora.

A campeã de vendas no exterior é a Premier League com 746,7 milhões de dólares arrecadados pelos clubes, seguido dos campeonatos Espanhol (202,2 milhões de dólares) e Italiano (121,3 milhões de dólares). As informações vem de uma pesquisa inédita feita pela SportPar, especializada na análise do mercado esportivo.

A CBF faz um excelente trabalho com a seleção brasileira mundo afora, mas trata o brasileirão ainda de forma amadora. elenco alguns problemas e proponho soluções que podem ajudar a melhorar a imagem do brasileirão lá fora:

Calendário: não faz sentido continuarmos desalinhados com o resto do mundo. O planejamento dos clubes sempre é atrapalhado pelas janelas de negociação europeias. Quando o brasileiro começa a esquentar, vem a janela de transferências no meio do ano e ferra tudo. Fora eventos como a olimpíada, que ocorrem no meio do ano, quando estamos praticamente no meio do nosso campeonato.

– Promoção do campeonato no exterior: A CBF tem a obrigação de promover o campeonato brasileiro no exterior, independentemente da empresa que detém os direitos de transmissão, no caso da Rede Globo. A  forma como é promovido o campeonato pela CBF chega a ser uma piada. Quem nunca viu o já famoso fax escaneado com a tabela do campeonato brasileiro no site da entidade. Uma vergonha! Tem em Inglês? Espanhol? Mandarim? Nem pensar.

Destinação de parte da receita da entidade para a contratação de jogadoresA CBF arrecada muito dinheiro, algo em torno de R$ 300 milhões, mas aplica pouco mais de R$ 50 no futebol profissional. Deveria reverter parte dessa receita para auxiliar os clubes na contratação de jogadores ou outros fins, acordado com os clubes.

Enfim, o campeonato brasileiro nunca esteve tão bem pra nós brasileiros, mas nunca esteve tão em baixa lá fora. Temos que lutar para que a CBF de Marin seja menos política e mais ativa na defesa dos interesses do futebol nacional.

 

Caso Oscar: o imbróglio continua e deve perdurar.


Oscar pronunciou-se ontem, 16/04, no Arena Sportv e foi duro e direto: Não quer mais jogar no SPFC, quer permanecer por muitos anos no Inter e deseja um desfecho rápido para o imbróglio.

Dá para tirar algumas conclusões da decisão de Oscar:

– O jogador perdeu mais uma vez a chance de se acertar amigavelmente com o SPFC, voltar e tentar brilhar no clube mais vitorioso do Brasil. Fechou as portas!

– Ganharam momentaneamente o Inter e sua torcida: O garoto está com moral no Sul e o Inter deve ganhar o jogador beneficiado pelo provável efeito suspensivo da sentença que foi favorável ao SPFC.

– Ganha a seleção brasileira que terá à disposição um jogador de bom nível técnico que poderá brilhar nas olimpíadas, jogando com craques como Neymar, Lucas e PHGanso.

– Ganham os empresários que aliciam os jogadores sem o menor pudor e depois desaparecem ancorados nos clubes que eles mesmos adoram trair.

– Ganham os garotos das bases dos clubes que, salvo raras exceções, não demonstram qualquer amor aos clubes formadores e só pensam na carteira.

– Perde o futebol brasileiro, que verá mais um litígio jurídico custoso e que trará consequências no longo prazo. Estou certo de que este caso ainda terá capítulos “caríssimos” tanto para São Paulo como para o Internacional, dois clubes dos mais organizados do país, mas que mostram uma imaturidade sem tamanho na hora de resolver algo criado por terceiros. Dois clubes dessa grandeza não deveriam dar tanto espaço para um jogador notoriamente despreparado e mal amparado por seu agente.

Tomara que pelo menos alguma lição saia disso tudo.

E você? O que acha?

Deixe seus comentários.