Os 5 gols mais bonitos de Lucas pelo SPFC, segundo o Jogador


Mesmo com poucos gols na carreira é inegável que o craque já possui uma coleção de gols bonitos melhor do que muitos atacantes consagrados. Só perde para o Dodô (esse sabia fazer gols bonitos).

Veja a seleção top 5 feita pelo próprio jogador.

Top 5 Lucas

Dos 5 gols eleitos, 2 foram contra o Coxa. Tomara que ele repita alguns destes gols hoje no Couto Pereira, mas se for gol feio, não tem problema não.

Anúncios

Lucas é o cara!


O jogo do São Paulo contra o Coritiba tinha tudo para ser um pesadelo para o tricolor. O time começou desarrumado, com espaços entre o meio e a defesa inaceitáveis para um time que joga junto a tanto tempo e pouquíssimo poder de fogo. Os raros momentos de contra-ataque (isso mesmo, contra-ataque) do time do Morumbi levaram pouco perigo ao gol do Coxa.

Coxa, aliás, muito bom time, acertadinho pelo técnico Marcelo Oliveira (abra o olho tricolor) e com os perigosos Everton Ribeiro e Everton Costa infernizando a defesa São paulina.

A partir dos 20 minutos o time começou a se reorganizar e Paulo Miranda que começou afoito se acalmou e, com tranquilidade e qualidade nos passes, passou a armar os rápidos contra-ataques do time. Podia ter se saído muito bem no jogo, mas sua ridícula expulsão no segundo tempo mostrou que não tem como jogar no clube, pelo menos no esquema 4-4-2. Num esquema 3-5-2 com Rodolpho e João Filipe iria se consagrar. Escrevo isso com convicção, pois são 3 zagueiros que sabem sair jogando.

Após a expulsão de Paulo Miranda o tricolor morreu e passou a assistir o jogo. Um Luís Fabiano claramente desmotivado durante todo o jogo como tem sido frequente ultimamente e todas as esperanças depositadas em Lucas foi a tônica dos últimos 30 minutos. E não é que o nosso 7 conseguiu? Correu, tentou, morreu de cansado, ressuscitou, driblou e marcou. GOOOOLLL salvador já no final do Jogo.

Fica claro que Lucas é O CARA das decisões. Se Neymar virou Neymarolinha contra Argentina e Corinthians, Lucas foi um tsumani pra cima do Coxa ontem.

Parabéns a Lucas e ao Leão, que mesmo com 10 ousou ao colocar Ademilson no final.

 

 

 

 

 

 

 

Crédito: Wander Roberto/VIPCOMM

 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X CORITIBA

Local:estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data:14 de junho de 2012, quinta-feira

Horário:21 horas (de Brasília)

Renda:R$ 1.535.589,00

Público:40.448 pagantes

Árbitro:Ricardo Marques Ribeiro

Assistentes:Altemir Hausmann e Márcio Eustáquio Santiago

Cartões amarelos:Sérgio Manoel, Roberto e Ayrton (Coritiba)

Cartões vermelhos:Paulo Miranda (São Paulo)

Gols: SÃO PAULO: Lucas, aos 44 minutos do segundo tempo.

SÃO PAULO:Denis; Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez (Ademilson); Denílson, Casemiro (Maicon), Cícero e Jadson (Edson Silva); Lucas e Luís Fabiano

Técnico: Emerson Leão

CORITIBA:Vanderlei; Ayrton, Demerson, Emerson e Lucas Mendes; William, Sergio Manoel, Gil (Tcheco) e Everton Ribeiro (Lincoln); Roberto (Anderson Aquino) e Everton Costa

Técnico:Marcelo Oliveira

Ficha técnica Bahia de Feira de Santana 2 x 5 São Paulo


A boa vitória do SPFC ontem tem outra boa notícia para o São Paulo: Ao despachar o Bahia de Feira no jogo de ida, abocanhou 60% da renda de R$ 650.000,00 => R$ 390.000,00 ficam para o tricolor, praticamente a mesma renda do jogo com o Mogi Mirim. Parabéns tricolor!

FICHA TÉCNICA

BAHIA DE FEIRA 2 X 5 SÃO PAULO

Local: Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana (BA)

Data: 11 de abril de 2012, quarta-feira

Horário: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)

Público: 15.834 pagantes

Renda: R$ 650.040,00

Assistentes: Carlos Titara da Rocha (AL) e Leonardo Mendonça (ES)

Cartões amarelos: Raylan, Jackson, Paulo Paraíba e Rogério (Bahia de Feira); Lucas e Paulo Miranda (São Paulo)

Cartão vermelho: Dionantan (Bahia de Feira)

Gols:

BAHIA DE FEIRA: Carlinhos, aos 29 minutos do primeiro tempo; João Neto (pênalti), aos 39 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rhodolfo, aos nove, e Luis Fabiano (pênalti), aos 35 minutos do primeiro tempo; Luis Fabiano (pênalti), aos 13, Maicon, aos 33, e Osvaldo, aos 42 minutos do segundo tempo

BAHIA DE FEIRA: Dionantan; Tiago Granja, Paulo Paraíba, Menezes e Edson (Jonnathan); Carlos, Rogério, Jackson (Filipe) e Raylan; Carlinhos (Zé Roberto) e João Neto

Técnico: Arnaldo Lira

SÃO PAULO: Denis; Piris, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson (Casemiro), Cícero e Jadson (Maicon); Lucas, Fernandinho (Osvaldo) e Luis Fabiano

Técnico: Emerson Leão